Host 2nd EuRS

2nd European Regional Symposium da IPSF

[PT]

O European Regional Office (EuRO) da IPSF partilhou recentemente a Call para o próximo host do 2nd European Regional Symposium da IPSF (EuRS).

O Regional Symposium é o principal evento regional realizado anualmente pelo European Regional Office, que permite aos estudantes de farmácia e recém mestres a partilha de ideias e a discussão do futuro desta região da IPSF.

Se estás interessado em organizar um evento internacional com a maior associação de estudantes de farmácia do mundo, então tens aqui a tua oportunidade!

Submete a tua candidatura até dia 1 de julho às 23h59 GMT+2.

Para mais informações lê a “Call for the Host of the 2nd European Regional Symposium” e submete a tua candidatura para os seguintes endereços eletrónicos: secretary@euro.ipsf.org e chairperson@euro.ipsf.org.

Qualquer dúvida não hesites em contactar-nos através do seguinte endereço de correio eletrónico: cp@aefful.pt.

[EN]

The IPSF European Regional Office (EuRO) has recently shared the Call for the Host of the 2nd European Regional Symposium (EuRS) of IPSF.

The Regional Symposium is the key regional event held annually by the European Regional Office, which allows pharmacy students and recent graduates to share ideas and discuss the future of this IPSF region.

If you are interested in organizing an international event with the largest association of pharmacy students worldwide, then this is your chance!

The deadline to submit applications is until the 21st of June 2019, 23:59 GMT+2.

For more information, you can read the “Call for the Host of the 2nd European Regional Symposium” and submit your application to the following e-mail addresses: secretary@euro.ipsf.org and chairperson@euro.ipsf.org.

If you have any question, do not hesitate to contact us through the following e-mail address: cp@aefful.pt.

KIT SUSTENTÁVEL ph

Kit Sustentável: Ecoideias para a Tua “To Do List” !

Por: Mafalda Galveia

Hoje, dia 5 de Junho, comemora-se o Dia Mundial do Ambiente. Esta escolha foi feita porque marca o dia em que teve início a primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente em 1972, em Estocolmo, na Suécia, e tem como principal objetivo  consciencializar a população sobre a importância da proteção e preservação do ambiente.

Os avisos são muitos, as precauções nunca são suficientes. Estes eventos visam assim apresentar novas formas e métodos para preservarmos o futuro da nossa Humanidade, seja por ações individuais, que começam em casa, como por ações coletivas. A Pharmacevtica traz-te algumas dicas essenciais para que possas contribuir com a tua parte!

– Separação do lixo em casa- 

Muitas pessoas estão demasiado habituadas à “lei do menor esforço” e não o fazem. Ao não separarmos as embalagens, há desaproveitamento dos materiais que as constituem. O volume que ocupam no aterro aumenta significativamente, e se forem eliminadas por incineração, aumenta-se a produção de poluentes atmosféricos. Quem sai prejudicado no final de tudo somos nós, não só a nível ambiental como monetário: as taxas municipais de resíduos aumentam na fatura da água, que se destina a pagar o tratamento dos resíduos que não são encaminhados para a reciclagem.

– Alternativas ao que é feito com plástico – 

Dispensar o gel de banho e trocá-lo por sabão ou sabonete, usar cotonetes e escovas de dentes de bambu e procurar detergentes líquidos em embalagens já recicladas, juntamente com recargas para voltar a encher a mesma embalagem. Também existe papel higiénico já em embalagens recicladas. Ao irmos às compras, optar pelos sacos de tecido reutilizáveis e levar o café matinal em termos ou copos reutilizáveis. Optar pelo alumínio em vez da película aderente para a comida e dizer não aos talheres de plástico e às palhinhas!

– Alimentação sustentável – 

Muitas vezes gastamos muito mais do que precisamos: o desperdício de alimentos é dos principais problemas ambientais atualmente. Comprar e comer apenas o necessário! Sempre que possível, frequentar feiras, entender a sazonalidade dos alimentos e fortalecer os produtores que disponibilizam comida de melhor qualidade e preços acessíveis. Caso não seja possível, tentar fazer melhores escolhas no supermercado. Evitar os desperdícios em casa e, se possível, plantar algumas coisas que são sempre necessárias para os cozinhados, como por exemplo os temperos!

– Economizar água – 

Nos dias quentes, regar as plantas pela manhã ou à noite, para tentar reduzir a perda de água por evaporação (cerca de 48 garrafas de 2 litros/mês é a poupança). Ao lavar a loiça, limpar os restos de comida dos pratos e panelas. Molhar tudo uma vez e fechar a torneira. Voltar a abrir só para tirar o sabão no fim (o consumo tem um decréscimo de 117 litros para 20)! Não deitar o óleo pelo ralo do lava-loiças! Além de entupir, quando é descartado de forma errada polui 25 mil litros de água. Encaminhar o óleo para a reciclagem pode fazer com que seja transformado em sabão! Ao escovar os dentes, fechar a torneira enquanto não for para bochechar. 5 minutos de lavagem com a água sempre a correr gasta 12 litros de água: com a torneira fechada, podemos poupar até metade!

 

 

Dia Mundial Sem Tabaco

Dia Mundial sem Tabaco

Por: Rita Ferreira da Cunha

Frases como “Fumar mata” e “Fumar prejudica a sua saúde e a dos que o rodeiam” aliadas a imagens de pessoas doentes e incapacitadas fazem parte do dia-a-dia de um fumador em Portugal, mas nem por isso impedem a continuação do consumo.  Estima-se que no ano de 2016, o tabaco tenha sido responsável pela morte de 2100 pessoas, por doenças cérebro-vasculares e que globalmente mate cerca de 7 milhões de pessoas por ano, das quais 900.000 são fumadoras passivas.

O hábito de fumar está enraizado na nossa sociedade há várias décadas, e é desde sempre um hábito perigoso: há 50 anos porque poderia eventualmente tornar-se num vício, hoje porque é sem dúvida, um vício fatal, não só para quem fuma, mas também para quem é exposto passivamente ao fumo do tabaco.  Hoje sabemos que o tabagismo é responsável por 80% dos casos de bronquite crónica e doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), que as doenças cardiovasculares são 2 a 4 vezes mais frequentes em indivíduos fumadores e que o tabaco é a segunda maior causa de doença cardiovascular, depois da hipertensão arterial.

Se por um lado, as vendas de cigarros tendem a diminuir nos últimos anos, aumentou o consumo de produtos de tabaco aquecido (PTA), conhecidos como uma alternativa viável para fumadores por ser menos nociva do que o cigarro clássico. No entanto, não existe consenso neste aspeto, dado que foram encontradas em PTA, substâncias tóxicas que provocam os mesmos danos que os cigarros, além de que o uso de PTA pode desencorajar os doentes a deixar de fumar.

Além de prejudicar a saúde individual dos seus consumidores, fumar prejudica também gravemente o ambiente. Cada cigarro contém cerca de 7 mil substâncias tóxicas que ao serem lançadas ao chão na forma de uma beata, contaminam a atmosfera, os solos, os mares e os rios. Todos os dias são lançados ao solo milhares de cigarros que são equiparados à pegada ecológica de países inteiros, e que comprometem a nossa saúde e a das gerações futuras.

Por todas estas razões assinala-se, todos os anos, no dia 31 de maio, o Dia Mundial sem Tabaco, este ano focado no tema: “O tabaco e a saúde dos pulmões”. Para garantir mais saúde para todos, e o futuro das próximas gerações, não esqueçamos nem este dia, nem a epidemia fatal do tabaco.  

behind the scene (6)

IPSF EuRO – Behind The Scenes Webinar

[PT]

Sempre quiseste saber mais sobre o European Regional Office (EuRO) da IPSF e sobre o Regional Working Group (RWG)? Dia 2 de junho, às 16:00 GMT+2, vai decorrer o webinar “IPSF EuRO – Behind The Scenes”, na plataforma online go2meeting.

Durante o webinar, vais ter a chance de conhecer o atual RWG da zona europeia da IPSF, bem como conhecer o trabalho desenvolvido por eles. Poderás igualmente tirar todas as dúvidas que tenhas.

No final do webinar, ficarás a saber.
– Quem são os membros do RWG;
– Quais são as suas tarefas ao longo do ano;
– Quais são os seus projetos;
– Como é trabalhar numa equipa internacional;
– Quais são as oportunidades e vantagens de fazer parte do RWG.

Não percas esta oportunidade! O link vai ser partilhado brevemente neste evento do Facebook, por isso mantém-te atento!

Qualquer questão adicional, não hesites em entrar em contacto connosco através do seguinte endereço eletrónico: cp@aefful.pt.

[EN]

Have you always wanted to know more about the European Regional Office (EuRO) of IPSF and the Regional Working Group (RWG)? On the 2nd of June, at 16:00 GMT+2, the webinar “IPSF EuRO – Behind The Scenes” will take place on the go2meeting online platform.

During the webinar, you will have the chance to get to know the current RWG of the European zone of IPSF, as well as to know the work developed by them. You can also clarify any doubts you may have.

After the webinar you’ll know:
– Who are the members of the RWG;
– What are their tasks throughout the year;
– What are their projects;
– What it looks like to work in an international team;
– What are the opportunities and advantages of being part of the RWG.

Do not miss this opportunity! The link will be shared soon in this facebook event, so stay tuned!

If you have any further questions, do not hesitate to contact us through the following e-mail address: cp@aefful.pt.

Melanoma

Por Trás da Doença: Melanoma

Por: Ricardo Lopes

No seu estado normal, as células da pele crescem e dividem-se em novas à medida que vão sendo necessárias. Quando as mesmas envelhecem ou são danificadas, morrem naturalmente. Contudo,  defeitos nos mecanismos responsáveis pelo controlo do crescimento das células podem promover alterações no seu genoma (DNA), tornando-se células cancerígenas que não morrem quando envelhecem ou se danificam, e que produzem novas células não necessárias de forma descontrolada.

O Melanoma é então composto por melanócitos malignos. São tumores frequentemente castanhos ou pretos porque as células ainda produzem melanina. Este é o tipo de cancro de pele mais perigoso, por apresentar maior capacidade de metastização, espalhando-se com facilidade pelas veias sanguíneas e linfáticas presentes na derme a outras partes do corpo. É esta a razão principal pela qual é tão importante detetar o melanoma antes de o mesmo afetar a derme!

De modo a dar a conhecer esta patologia, a Pharmacevtica traz-te o testemunho do senhor Luís Garção, a quem agradecemos muito por toda a disponibilidade e dedicação colocada neste texto!

Testemunho: Luís Garção

Numa primeira fase era apenas uma questão estética e tinha como objetivo retirar todos os sinais salientes que tinha no corpo. Devido ao facto de ter amizade com a médica de cirurgia, solicitei que ela me retirasse a maioria dos sinais. Aparentemente não havia sinais anómalos.

Após várias insistências minhas, acabei por retirar 16 sinais, os quais foram enviados para análise, um procedimento normal nestas situações. Como não tinha sintomas, após retirar os sinais, foi um tema que acabei por nunca mais me lembrar.

Fui contactado pelo hospital, após algum tempo que não consigo precisar, para me dirigir o mais urgentemente possível ao serviço. Fui informado que os resultados já tinham chegado ao hospital e que um dos sinais tinha dado positivo como melanoma Clark III. O próprio serviço já tinha marcado um TAC para ser realizado de imediato e verificar se existiam ramificações.

A notícia foi recebida como um choque! A minha primeira reação foi questionar se eu iria morrer daquilo, qual o tratamento indicado para fazer e estatisticamente a probabilidade de sobreviver ao processo.

Após o TAC soube que não existiam ramificações e que era uma notícia muito boa. Fui reencaminhado para as consultas de urgência do IPO de Lisboa logo na semana seguinte. Nessa consulta, designada como consulta de grupo, estavam presentes 7 médicos de dermatologia. Despi-me e com um marcador foram assinalando os sinais que seriam para retirar. Fui informado que existia a necessidade emergente de fazer uma cirurgia de margem de segurança no sinal maligno que tinha sido extraído. Essa margem de segurança seria posteriormente analisada e, caso não se encontrasse células cancerígenas, em princípio não seria necessário fazer tratamento de quimioterapia.

Após algumas semanas o resultado foi negativo. Apenas tinha de ser vigiado, e durante um ano consecutivo tive de fazer consultas regulares (mensais) no IPO de Coimbra. Foi-me totalmente proibido apanhar sol durante esse ano.

Passado esse ano, passei a ter consultas semestrais. Podia já frequentar a praia, mas apenas nas horas menos críticas – 8:00 às 10:00 e depois a partir das 17:00. Utilizar sempre protetor solar (mínimo 60) e usar sempre uma t-shirt enquanto estivesse na praia. Podia ir ao banho, mas tinha de me secar sempre após o mesmo, colocar novamente protetor solar e manter-me o máximo de tempo debaixo do guarda sol.

Fui informado, durante as consultas, que o cancro de pele (melanoma) é um dos cancros mais mortífero.

Lembro-me na primeira consulta que a médica dermatologista do IPO me disse que tinha tido muita sorte pois tinha sido retirado num estágio muito prematuro. Que os sintomas poderiam nunca aparecer e que, devido ao facto de ser um Clark III de crescimento vertical, quando começasse a ter sintomas podia ser já tarde a sua reversão.

Considero-me uma pessoa com sorte.

O conselho que posso transmitir é que tenham muito cuidado com o sol que se apanha, utilizar sempre protetor solar e não estar na praia nas horas mais perigosas, denominadas a “hora do cancro”!

sitee

Programa de Estágios de Verão AEFFUL 2019

Departamento de Formação e Integração Profissional (DFIP) da Associação dos Estudantes da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (AEFFUL) apresenta, em colaboração com a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFULisboa), o Programa de Estágios de Verão AEFFUL 2019.

Tal como tem vindo a acontecer ao longo dos anos, o Programa de Estágios de Verão AEFFUL 2019, tem como objetivo complementar a componente teórico-prática dos Mestrados, proporcionando um contacto direto com a realidade profissional e onde poderás explorar as várias oportunidades de estágio disponíveis, nas diversas saídas profissionais abrangidas pelos Mestrados da FFULisboa.

1ª Fase

Consulta aqui os pontos da 1ª Fase de Candidaturas.

Consulta aqui os Resultados das Colocações da 1ª Fase.

2ª Fase

Consulta aqui os pontos da 2ª Fase de Candidaturas.

Consulta aqui os Resultados das Colocações da 2ª Fase.

Consulta aqui todos os documentos necessários à tua candidatura:

Candidata-te à segunda fase de dia 2 Junho até dia 6 Junho, preenchendo este formulário, e fica atento às atualizações.

Para qualquer esclarecimento adicional, podes também enviar um email para dfip@aefful.pt.

imagem site

PHC Healthy Living

No âmbito da colaboração com a International Pharmaceutical Students Federation (IPSF), o Departamento de Relações Internacionais (DRI), o Departamento de Informação, Promoção e Educação para a Saúde (DIPES) e o Núcleo de Mobilidade, apresentam-te a Public Health Campaign (PHC) Healthy Living.

Esta PHC decorrerá no dia 21 de maio, conta com uma aula de zumba entre as 10h00 e as 11h30 e com uma aula de hip hop, por parte do AEFFULdance, entre as 11h30 e as 12h30, no polidesportivo. Poderás inscrever-te nesta(s) aula(s) a partir deste formulário.

Durante o dia existirá também uma banca onde será abordado o Estilo de Vida Saudável e a alimentação no mundo, de forma a alertar e motivar a comunidade estudantil a mudar alguns hábitos que prejudiquem o seu bem-estar.

A Associação dos Estudantes convida-te a participar nesta Public Health Campaign e a viver um estilo de vida mais ativo e mais saudável!

Qualquer dúvida, não hesites em contactar os endereços dipes@aefful.pt, ls@aefful.pt ou cp@aefful.pt

[EN]

In collaboration with the International Pharmaceutical Students Federation (IPSF), the Department of International Relations (DRI), the Department for Health Promotion (DIPES) and the Mobility Office, present the Public Health Campaign (PHC) Healthy Living.

On May 21st it will be held a zumba class from 10h00 to 11h30 and a hip hop class from 11h30 to 12h30, at polidesportivo. You can sign up for this class using this link

During the day there will be a station where Healthy Lifestyle will be addressed, in order to raise awareness and motivate the students to change some habits of their daily routine.

Our Students Association invites you to participate in this Public Health Campaign and to live a more active and healthier lifestyle!

 

Lúpus (1)

Por Trás da Doença: Lúpus

Por: Ricardo Lopes

 

O Lúpus é uma doença autoimune, em que o sistema imunitário, que tem como função proteger o nosso organismo contra agentes invasores, sofre uma desregulação e ataca-se a si mesmo, provocando inflamação e alteração do sistema afetado.

Esta doença pode afetar muitos órgãos e sistemas diferentes, existindo formas muito diversas da patologia: lúpus sistémico e lúpus discóide. A primeira caracteriza-se por ser uma doença mais generalizada, que pode afetar qualquer órgão ou sistema do corpo. A segunda é uma forma de lúpus limitada à pele que pode, por vezes, evoluir para lúpus sistémico.

De forma a transmitir a experiência de alguém que sofre desta patologia, a Pharmacevtica apresenta-te o testemunho da Margarida Melo, a quem agradecemos muito por este ato de grande coragem e partilha!

 

Testemunho: Margarida Melo

Olá, sou a Margarida Melo, tenho 19 anos e aos 11, foi-me diagnosticado lúpus eritematoso sistémico.

Inicialmente, comecei por ter dores e inchaços nas articulações, principalmente tornozelos, joelhos e pulsos. Apareciam também, com muita facilidade, nódoas negras espalhadas pelas pernas. Todos estes sintomas foram persistindo e, tendo em conta que a minha mãe e avó materna possuem artrite reumatoide, fui imediatamente a uma consulta de reumatologia, onde fui observada e me prescreveram análises específicas. Após o resultado, o médico informou-me que se confirmava o diagnóstico que ele suspeitava, lúpus.

Numa primeira fase, foi complicado aceitar este problema, também provavelmente por ter sido difícil controlar e ajustar a medicação, tendo sempre um mal-estar constante, febre e dores persistentes. Dado este descontrolo, acabei por ter mesmo um “flash” da doença, o qual afetou o coração, estômago e rins, ficando internada no Hospital Pediátrico de Coimbra cerca de um mês. Durante este processo, os médicos conseguiram, finalmente, adequar a dose e medicação corretas.

Desde aí, sou acompanhada regularmente em Coimbra, onde faço sempre análises para acompanhar o desenvolvimento da doença, e assim, prevenir que não ocorram reincidências.

Atualmente, tomo medicação diária, ao pequeno-almoço, almoço e jantar. No entanto, os médicos estão a tentar reduzi-la gradualmente, até ao limite mínimo que o meu organismo permitir.

Esta doença requer cuidados redobrados, nomeadamente no que diz respeito à exposição solar e uma alimentação equilibrada. Em situações de qualquer tipo de infeção, é necessário tentar tratá-la o mais rápido possível para não deixar agravar os sintomas que depois serão mais difíceis de combater.

O lúpus, embora seja uma patologia crónica, permite uma vida praticamente normal. No meu caso, e neste momento em que a situação está estável, até me esqueço que o tenho, o que acaba por ser bom. Não vale a pena revoltarmo-nos contra a doença, temos é de aprender a saber lidar com ela.

Por fim, relativamente ao futuro e ao desenvolvimento do lúpus, confio que permanecerá “adormecido” por mais uns tempinhos, mas também acredito que os progressos na saúde e a evolução da ciência, irão garantir-me a melhor qualidade de vida possível.

Compounding Quiz

Compounding Quiz

[PT]

O Compounding Event (CE) é um evento online organizado pela International Pharmaceutical Students’ Federation (IPSF) que tem como principal objetivo testar as capacidades e skills dos participantes no campo da tecnologia farmacêutica.

Este evento foi criado para que estudantes de farmácia e ciências farmacêuticas, assim como recentes graduados, possam aumentar as suas capacidades na área da indústria farmacêutica.

 

Este evento é composto por duas fases, que são:

  • Fase de Perguntas

    • 5 (12h00) a 11 de maio (23h59) de 2019

    • Esta fase consiste na resposta a 50 perguntas de escolha múltipla e 50 perguntas de verdadeiro/falso, num Google Forms.

  • Fase de Casos

    • 12 (12h00) a 18 (23h59) de maio de 2019

    • Esta fase consiste na resolução de casos, num Google Forms.

 

Todos os estudantes pertencentes a membros da IPSF podem participar, sendo que os 3 vencedores irão ser anunciados assim que possível.

Se quiseres saber mais sobre esta atividade, podes ler as guidelines do CE. Se quiseres participar, podes ter acesso à Google Form aqui.

Qualquer questão adicional, não hesites em entrar em connosco através do seguinte endereço eletrónico: leo@aefful.pt

[EN]

The Compounding Event (CE) is an online event organized by the International Pharmaceutical Students’ Federation (IPSF), which aims to test the participants’ abilities and skills in the field of Pharmaceutical Technology.

This event was created for pharmacy and pharmaceutical sciences students, as well as recent graduates, in order to improve their abilities in the pharmaceutical industry area.

 

This event will be held in two online rounds, which are:

  • Questions Round

    • from the 5th (12:00 a.m. GMT+0) until the 11th of May of 2019 (11:59 p.m. GMT+0)

    • This round consists of answering to 50 multiple choices questions and 50 true/false questions, in a Google Forms.

  • Cases Round

    • from the 12th (12:00 a.m. GMT+0) until the 18th (11:59 p.m. GMT+0) of 2019

    • This round consists of the resolution of cases, in a Google Forms.

 

Every student who is an IPSF member can participate, and the 3 winners will be announced as soon as possible.

If you want to know more about this activity, you can read the CE Guidelines. If you want to participate, you can access the Google Form here.

If you have any further question, do not hesitate to reach us out through the following e-mail: leo@aefful.pt

EPSA SU site

Sessão de Esclarecimento da 21st EPSA Summer University

No dia 2 de Maio, pelas 14h na sala de reuniões da AEFFUL irá ocorrer a Sessão de Esclarecimento da 21st EPSA Summer University. Este é o evento mais relaxado da European Pharmaceutical Students’ Association (EPSA) e tem uma forte vertente de desenvolvimento das soft-skills dos participantes, aliada a um rico programa socio-cultural. O evento decorrerá entre os dias 16 e 21 de Julho em Portorož, na Eslovénia.

Sabe mais sobre o congresso aqui.

Aparece na Sessão de Esclarecimento para tirares todas as tuas dúvidas e receberes mais algumas informações!