Mensagem da Vice-Presidente

Click here to add your own text

Presentemente, a AEFFUL encontra-se representada a vários níveis, sendo eles os seguintes: local, nacional e internacional.

No plano local, destaca-se a representação da Associação na Faculdade onde se insere – Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFULisboa) -, na Universidade de Lisboa (ULisboa) e, mais recentemente, na Federação Académica de Lisboa (FAL).

  • Em relação à FFULisboa, é absolutamente indispensável primar por uma relação de proximidade, tendo em conta a envolvência dos Estudantes dos vários ciclos de estudo com os Órgãos de Governo da sua Unidade Orgânica. Posto isto, o diálogo entre ambas as partes é constante, traduzindo-se em intercolaborações como a realização do “Dia Aberto”, do “Verão na ULisboa” e a presença na “Descobre a ULisboa” e “Futurália”.
  • Expandindo o panorama, importa referir a ULisboa, tendo-se então que a AEFFUL encara como uma prioridade a manutenção de relações estreitas com a primeira. Em seio de reuniões com o Exmo. Reitor e seus representantes, discutem-se temas como o Desporto Universitário e a Ação Social na Universidade. Para além disto, considere-se ainda o Senado e o Conselho Geral da Universidade, onde os estudantes têm oportunidade de se inserir e participar ativamente no debate.
  • No que diz respeito à FAL, a AEFFUL fez o seu vínculo no ano de 2017. Desde então a integração permitiu uma participação mais sustentada da Associação na discussão dos temas atuais do Ensino Superior, impulsionando a Política Educativa, a Ação Social e até o Desporto no nosso panorama.

No plano nacional, distingue-se a representação da AEFFUL na Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia (APEF) e no Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA).

  • A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia (APEF), representante máxima dos interesses de mais de quatro mil estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF) a nível nacional, foi fundada em 1998 por três dos seus atuais sete Membros, de entre os quais a AEFFUL. A APEF tornou-se, nos seus até agora 20 anos, um foco de referência para todo o setor farmacêutico no que diz respeito à projeção da voz daqueles que são os futuros profissionais de Saúde. É nesta ambição e representatividade que a AEFFUL se revê, e é com base nas mesmas que continuará de braço dado com a APEF, presenteando-a com contributos relevantes e proatividade. *Resumo do texto específico da APEF*
  • O ENDA é um fórum onde o Movimento Estudantil Nacional reúne trimestralmente para debater temas pertinentes do Ensino Superior. Através do mesmo, a AEFFUL procura identificar os problemas locais da FFULisboa e entender se são transversais ao Ensino Superior, bem como perceber as realidades nacionais e perspetivar em relação à Faculdade. Neste sentido, a Associação procura desenvolver trabalho de política educativa, como moções, que se adequem aos diferentes contextos.

No plano internacional, distingue-se a representação da AEFFUL na European Pharmaceutical Students’ Association (EPSA) e na International Pharmaceutical Students’ Federation (IPSF).

  • A AEFFUL é uma das três Associações Membro portuguesas na EPSA, assumindo sempre um papel interventivo nos temas que concernem os estudantes de Ciências Farmacêuticas à escala Europeia, apesar de não possuir poder de voto. Para além de procurar sempre incentivar a participação dos estudantes da FFULisboa nas atividades e eventos impulsionados pela EPSA, a AEFFUL destaca também representantes para os maiores eventos: a Annual Reception, o Annual Congress e a Autumn Assembly, sendo que estes dois últimos contemplam Assembleias Gerais.
  • A AEFFUL está representada, a nível mundial, na IPSF. O evento major em que a Associação marca presença através dos seus representantes é o World Congress, que inclui Assembleias Gerais, nas quais a AEFFUL também não se apresenta com poder de voto. A postura procurada é, mais uma vez, de intervenção e representatividade.

Neste seguimento, facilmente se depreende que existe uma sensação de missão constantemente presente. Uma missão nobre, segundo a qual a AEFFUL deve fazer-se representar nos fóruns e estruturas de interesse para os seus associados. A construção de matéria que projete a voz dos mais de 1400 estudantes da FFULisboa é uma prioridade, e nada menos fará a AEFFUL do que procurar corresponder à sua elevada e pretendida ambição.

Margarida Bártolo

Vice-Presidente da DAEFFUL