Externo

MENSAGEM DA VICE-PRESIDENTE

Representar os Estudantes da FFUL, tanto a nível Nacional como a nível Internacional, é sem dúvida um dos maiores focos da AEFFUL. Primando por uma participação ativa e crítica nos demais eventos em que nos fazemos representar, a AEFFUL destaca-se pelas suas tomadas de posição sólidas e fundamentadas, exigindo dos seus representantes nada menos que o rigor e a transparência pelos quais guia o seu trabalho.

Assim, é para nós fundamental manter uma relação próxima com as várias entidades onde estamos inseridos, o que nos permite não só colaborar com as mesmas, mas também recolher diferentes perspetivas e realidades, partilhando da mesma forma as nossas. 

No que toca às questões partilhadas com a Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia (APEF), contribuimos sempre com a dedicação e exigência de quem ambiciona o melhor para a formação e desenvolvimento dos Estudantes de Ciências Farmacêuticas.

À Federação Académica de Lisboa (FAL), levamos a perspetiva dos Estudantes da FFUL, tendo sempre em vista a elevação da Academia de Lisboa e a preparação coesa de matéria de Política Educativa a ser abordada nos fóruns de discussão apropriados, como é exemplo o Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA).

Às estruturas Internacionais, como é o caso da International Pharmaceutical Students’ Federation (IPSF) e da European Pharmaceutical Students’ Association (EPSA), nas quais reconhecemos uma excelente oportunidade de aproximação ao Setor Farmacêutico a nível internacional, disponibilizamo-nos para colaborar nas suas iniciativas, bem como divulgá-las aos nossos Estudantes, incentivando a sua envolvência nas mesmas.

Importa destacar também a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, a nossa casa, pilar essencial para a vida académica dos seus Estudantes. Como tal, é indispensável manter um constante e transparente  diálogo entre ambas as partes, sendo a AEFFUL uma ponte fundamental, não só na recolha de inquietações dos vários Estudantes como também na transmissão de informação fidedigna aos mesmos. Para além disso, acreditamos que a confiança que estes depositam em nós assenta na constante auscultação dos mesmos, o que nos alerta e consciencializa para as suas preocupações mais prementes. É neste sentido que orientamos a nossa ação, de forma a que esta comunicação nos permita ter uma voz mais representativa.

Concluindo, é com grande motivação e sentido de responsabilidade que pretendemos continuar a elevar a opinião dos nossos Estudantes, defendendo os seus ideais e lutando pelos seus direitos, promovendo uma aproximação dos mesmos à AEFFUL e às estruturas onde esta se pode fazer ouvir.

Margarida Bagorro

Vice-Presidente da DAEFFUL